Aprovados quatro projetos em sessões ordinária e extraordinária


Presidente da Câmara, Dr. Edu Fenerich, abre Ordem do Dia da sessão ordinária de 06/08/18.

Os vereadores da Câmara Municipal de Jaboticabal aprovaram quatro projetos nessa segunda-feira (06/08) em sessões ordinária e extraordinária. Previsto originalmente na pauta de votação, o Projeto de Resolução nº 11/2018, que regulamenta o uso dos veículos oficiais pertencentes à Câmara, não chegou a ser apreciado por conta de um Substitutivo ao Projeto apresentado por dez vereadores (Dr. Edu Fenerich (PPS), Ednei Valêncio (PR), Pretto Miranda Cabeleireiro (PPS), Daniel Rodrigues (PSC), Pepa Servidone (PPS), Dona Cidinha (PRB), Carmo Jorge Reino (PSB), Luís Carlos Fernandes (PSC), Samuel Cunha (PSDB) e Wilsinho Locutor(PSB)). O Substitutivo ao Projeto de Resolução acabou aprovado por maioria, com três votos contrários (João Bassi, Paulo Henrique Advogado e Beto Ariki). Já o Projeto de Decreto Legislativo nº 36/2018, de autoria do vereador Luís Carlos Fernandes, que outorga o Título de Cidadão Jaboticabalense ao Sargento Giuliano Tavares, que igualmente constava na pauta original, foi aprovado por unanimidade. Ambos foram apreciados em discussão e votação única, como manda o Regimento da Casa (Arts. 145 e 147).

Outras duas matérias também foram incluídas na Ordem do Dia: o Projeto de Decreto Legislativo nº 37/2018, de autoria do vereador Samuel Cunha, que institui placas comemorativas pela Semana do Profissional de Educação, foi aprovado por unanimidade. Pelo projeto, 13 profissionais da área receberão a honraria. Os nomes serão indicados por uma comissão formada por três membros: o vereador autor do decreto, um representante do Departamento de Esporte e Lazer de Jaboticabal (DEL), e um representante do Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Já o Projeto de Lei nº 137/2018, de autoria do Poder Executivo, que cria o cargo efetivo de Agente de Vida Escolar (AVE) no Quadro de Pessoal da Administração Pública Municipal, com 25 vagas, foi aprovado em 1º turno por maioria, com o voto contrário do vereador Beto Ariki. Com a aprovação em 1ª discussão e votação por maioria, o presidente da Casa, Dr. Edu Fenerich, convocou sessão extraordinária, na sequência, para submeter a matéria à apreciação em 2ª discussão e votação. O resultado permaneceu com 12 votos favoráveis e um contrário. De acordo com o Executivo, o profissional que ocupar o cargo atuará na Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer dando suporte e participando ativamente da integração entre a escola, a família e a comunidade, “sobretudo em tempos de crescente inclusão social, sendo um importante recurso para a manutenção e desenvolvimento de um ensino público de qualidade”, defendeu o Poder Executivo. O projeto segue para sanção do Prefeito Municipal, José Carlo Hori (PPS).


Mestre Valcir Albieri durante uso da Tribuna Livre.

TRIBUNA LIVRE – Antes de começar a sessão ordinária, o mestre Valcir Albieri utilizou o espaço da Tribuna Livre para falar sobre a história da arte marcial Li Tchuó Pa Kung Fu e do campeonato de Kung Fu realizado no domingo (05/08), no ginásio de esportes Jatobá, que reuniu 11 cidades da região, com vitória jaboticabalense. “Antigamente quando falava sobre Kung Fu, as pessoas pensavam em agressividade. É totalmente o contrário. Na verdade o intuito é trabalhar com a disciplina marcial... O Li Tchuó Pa Kung Fu não é só a luta marcial. É o desenvolvimento de crianças, adolescentes e adultos”, contou Albieri.

A íntegra das sessões está disponível na WEBTV da Câmara (tv.camarajaboticabal.sp.gov.br)

Ana Paula Junqueira
Assessoria de Comunicação
(16) 3209-9478