Dia Internacional da Mulher é celebrado na Câmara de Jaboticabal com histórias de superação


Homenageadas durante foto oficial antes do início da sessão solene em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

O Dia Internacional da Mulher foi celebrado pela Câmara Municipal de Jaboticabal em sessão solene realizada na noite dessa quinta-feira (08/03). Ao todo, 26 mulheres de várias áreas de atuação receberam a homenagem.


Público acompanha noite de homenagens às mulheres.

Com o plenário cheio, entre sorrisos, lágrimas e cliques de celulares (de uma plateia conectada - não só à internet, mas principalmente às homenageadas), cada história foi sendo revelada. Ao lado do vereador responsável pela indicação de seus nomes, cada mulher foi escutando suas próprias histórias, esboçando reações entre um misto de lembranças e orgulho pelas vitórias alcançadas. Mulheres que tiveram que batalhar para conquistar sua profissão, criar filhos, derrotar preconceitos e superar obstáculos, como Simone Rodrigues, que não segurou às lágrimas ao lembrar do pai, que perdeu a batalha para a bebida, ou de Vera Lucia Araujo, que teve de chorar a perda de um filho, morto aos 17 anos, e que segue em frente apoiada pela família e amigos.


Tatiana Pellegrini fala em nome das homenageadas.

Para Tatiana Pellegrini, que discursou em nome das homenageadas, a mulher possui a capacidade de se multiplicar, dividir e equilibrar. “... Nos dividimos quando a todo tempo temos que ser mãe, avó, profissional, amiga, e nos multiplicamos quando damos conta de nos dividirmos. E nós, hoje, somos exatamente o equilíbrio entre o que a sociedade exige de nós, e o que nós queremos ser. Saio daqui fortalecida e inspirada. Estou me sentindo privilegiada de dividir esse momento com protagonistas de tantas histórias, de tantas lutas, mas, sobretudo, de tantas vitórias. Que Deus possa realmente continuar nos abençoando”. [Ouça a integra do discurso Tatiana]


Vereadores homenageiam a vereadora Dona Cidinha.

Dona Cidinha, a única representante feminina na Legislatura 2017-2020 da Câmara, também recebeu os aplausos dos vereadores e do público presente.


Pretto Miranda saúda homenageadas em nome do Legislativo.

DISCURSOS – O vereador e 1º secretário da Casa, Pretto Miranda Cabeleireiro, foi o primeiro a ocupar a tribuna para saudar as homenageadas em nome do Poder Legislativo. “Nós, membros do Poder Legislativo, indicamos aquelas que representam aqui todas as demais mulheres jaboticabalenses. Ouvir as histórias é um momento de muita reflexão e admiração, pois são vocês que impulsionam os mais diversos ramos, educam, apoiam e transformam o lar, seja na cidade, no campo, ou nos distritos de Lusitânia e Córrego Rico. Mesmo em uma sociedade ainda injusta e preconceituosa, a mulher é sempre incansável defensora da justiça e possui um coração maior do que ela mesma”, discursou Pretto. [Ouça a integra do discurso do vereador]


Elivaine discursa em nome do Poder Executivo.

Elivaine Almeida Silva, superintentende do SEPREM, saudou as homenageadas em nome do Poder Executivo, representando o prefeito municipal José Carlos Hori. “... Nesse recinto, tem uma série de mulheres com lutas e conquistas que nos orgulham. Que nos mostram que não chegamos onde chegamos para passar à frente dos homens, mas para andar lado a lado com eles na construção de um mundo melhor. Para todas essas mulheres, as que estão aqui hoje, as que ajudaram a construir a história da nossa cidade, independente de seu papel... os nossos parabéns. A nossa reverência e o eterno muito obrigada”, discorreu Elivaine. [Ouça a integra do discurso de Elivaine]


Presidente da Casa, Dr. Edu Fenerich, durante seu pronunciamento.

Apesar da data festiva, o presidente da Câmara de Jaboticabal, Dr. Edu Fenerich, por sua vez, além de exaltar a força da mulher, chamou a atenção para a violência ainda fortemente sofrida pelo sexo feminino, ao citar uma notícia divulgada pelo G1, que revela que doze mulheres são assassinadas todos os dias, em média no Brasil. “Foram 4.473 homicídios dolosos, sendo 946 feminicídios, ou seja, casos de mulheres mortas em crimes de ódio motivados pela condição de gênero. Cecília Meireles, poetisa, jornalista, professora, disse certa vez: Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira. Assim sendo, mulheres: amem-se, lutem e vivam. A nós, homens, cabe-nos aprender com elas que chorar está longe de ser uma fraqueza, que o zelo deve ser interminável, e que o amor deve ser inesgotável...”, proferiu Fenerich. [Ouça a integra do discurso do presidente da Casa]

PARA SABER – A sessão solene que instituiu a homenagem é fruto do Decreto Legislativo nº 217/1998, alterado pelo Decreto Legislativo nº 630/2015. A íntegra da sessão está disponível na WEBTV da Câmara (tv.camarajaboticabal.sp.gov).

CONHEÇA AS HOMENAGEADAS (por vereador)

JAMARA MIRNA PAIVA

RITA DE CASSIA PRUDÊNCIO FREITAS

NEUSA DA SILVA

TATIANA PELLEGRINI

DARCI DONIZETTI RODRIGUES GALBIATTI

MEIRE BEGE PENARIOL

VALDENICE RIBEIRO FERREIRA

 

MARIA TEREZA DE SIQUEIRA

SIMONE CONSTÂNCIA GERMANO RODRIGUES

EROTHIDES KARASCHI DI GIORGIO

RAQUEL APARECIDA COSTA DI GIORGIO

MARI DA SILVA BASSI

NARACY ZIVIANI DIAS

GEIZA CARLA SILVA BARBIZAN

MARIA LOURDES DE PAULA MARTUCCI

LIDIA CORREIA COSTA

MARGARETH PEDROL DE FREITAS

MARIA BENEDITA DONADON MATIOLLI

MARIA DO CARMO TOSTIS GARCIA

GELCY CICILIANO FRACASSO

MARIA DO ROSÁRIO DA COSTA PINTO DE TOLEDO PIZA

RENATA DE PAULA SUGAHARA

VERA LÚCIA MACHADO DE ARAÚJO

ROSANE APARECIDA BETIOLI INNOCENTE

SUELI APARECIDA SCARPIN AGOSTINI



*Os textos das biografias foram preparados pelos gabinetes dos respectivos vereadores, que indicaram suas homenageadas, para leitura na sessão solene.

Ana Paula Junqueira
Assessoria de Comunicação
(16) 3209-9478