Sessão ordinária do Parlamento Jovem 2017 é nesta quinta-feira (26/10)


Convite para a sessão do Parlamento Jovem 2017.

O Parlamento Jovem da Câmara Municipal de Jaboticabal se reúne nesta quinta-feira (26/10) em uma simulação de Sessão Ordinária para apreciar as proposições de iniciativa dos dez estabelecimentos de ensino participantes da quinta edição do projeto. A sessão começa às 19h30, no plenário da Casa, com transmissão ao vivo pela WEBTV da Câmara.

O objetivo do Parlamento Jovem, projeto organizado pela Escola do Legislativo, é estimular a participação política dos adolescentes no processo democrático, além de levar conhecimento aos participantes sobre o funcionamento do Poder Legislativo e instigar debates sobre cidadania.

Segundo a diretora da Escola do Legislativo, Silvia Mazaro, apesar das matérias apresentadas pelos jovens não terem força de lei na prática, “os vereadores da Casa podem comprar a ideia dos jovens parlamentares e apresentá-las realmente no Legislativo. O Chefe do Executivo, que também vai receber os jovens parlamentares para um bate-papo sobre as propostas apresentadas por eles, pode, quem sabe, aproveitar alguma das indicações apresentadas e aplicar na cidade. Portanto, a atividade garante aos jovens a possibilidade de sentirem na pele como funciona o processo legislativo, bem como o andamento de uma Sessão Ordinária”.


Acompanhados da diretora da Escola do Legislativo, Silvia Mazaro, os jovens parlamentares adequam as proposições apresentadas.

NA PRÁTICA – Os membros do Parlamento Jovem participaram de duas oficinas. Na primeira, realizada no dia 28 de setembro, os alunos puderam conhecer um pouco sobre o Poder Legislativo e a sua relação com o Poder Executivo e Judiciário. Na oportunidade, Silvia falou da função de cada propositura (projeto de lei, decreto, indicação, requerimento, entre outras), explicou sobre o vício de iniciativa, e instruiu os alunos na adequação das proposições apresentadas pelas escolas. “Quando um projeto envolve gastos para o município, não pode ser de iniciativa do Poder Legislativo, ele tem que ser de iniciativa do Executivo, por isso muitos dos projetos que eles trouxeram, que envolve gastos, foram transformados em indicações”, esclareceu a dirigente.


Segunda oficina para eleição da Mesa Diretora do PJ 2017.

ELEIÇÃO DA MESA – A composição dos integrantes da Mesa Diretora do Parlamento Jovem 2017 ficou conhecida na tarde de quinta-feira (05/10), durante a segunda oficina proposta pelo projeto. Eleito com diferença de apenas um voto (6 a 5), Daniel Guiné Pinto Ferreira, aluno do Colégio Moura Lacerda, garantiu o cargo de presidente diante das ‘adversárias’ Melissa Marques, do Colégio Maria, e Giulia Rossi, do Colégio Novo Anglo, empatadas no pleito com 5 votos cada. Representando o Colégio Nossa Senhora do Carmo, Abner Felipe foi escolhido para a Vice-Presidência; Isabele Eustáquio, do Centro Educacional SESI ficou com o cargo de 1ª Secretária, e Luís Caetano, do Colégio Técnico Agrícola, para o de 2ª Secretário.


Daniel Pinto Ferreira, eleito Presidente do PJ 2017.

“É bacana o município dar importância para os jovens, porque seremos o futuro. Acho muito legal essa iniciativa, e fico muito honrado em representar o papel de presidente da Câmara. Não esperava que eu fosse eleito. Foi uma surpresa e bem divertido. É uma experiência nova pra mim”, disse Daniel, eleito presidente.


“Gente, eu não conheço ninguém! Ninguém vai votar em mim!” -  eleita 1ª secretária, Isabele Eustáquio.

“Gente, eu não conheço ninguém! Ninguém vai votar em mim!”. Foi o que pensou Isabele, eleita para o cargo de 1ª Secretária. “Acho que consegui me expressar”, contou a jovem parlamentar entre risos. “Gosto demais da parte política, e é legal você participar desse meio. É um projeto que desenvolve o jovem até mesmo para quem quer ser um futuro vereador”, opinou Isabele.


Jovem parlamentar Melissa fala de sua expectativa no projeto.

“Estou bem animada. O projeto é incrível. Quando me escolheram [na escola] pra vir, fiquei muito animada, porque ia poder ver como é, defender tudo aquilo que eu quero que aconteça”, contou Melissa, que também concorreu à Presidência e angariou cinco votos. “Foi por pouco. Eu pensava que não ia passar do meu voto. Conseguimos cinco, estamos muito bem. Foi muito legal”, disse a jovem.

A VIAGEM – Os estudantes e seus professores orientadores partem para uma viagem político-cultural a São Paulo em data ainda a ser definida, onde vão conhecer a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e o Museu Catavento Cultural, escolhido por votação pelos jovens parlamentares, que também tiveram como opção o Memorial da América Latina, que recebe a réplica do Castelo Rá-Tim-Bum até 4 de fevereiro de 2018.

COMO FUNCIONA O PJ? – A Escola do Legislativo organiza anualmente o Parlamento Jovem para alunos do 1º ano do Ensino Médio, com faixa etária de 16 anos. O pontapé inicial é dado com palestras e visitas às escolas para esclarecimentos e informações quanto ao funcionamento do projeto. Todas as escolas com Ensino Médio podem participar gratuitamente.

A partir de então, começa a etapa nos estabelecimentos de ensino, quando os professores desenvolvem os textos com os pupilos. Dentre os projetos formulados, cada escola deve eleger uma proposição que será enviada à Câmara, bem como eleger dois alunos que representarão suas respectivas instituições de ensino.

Com as indicações escolares enviadas à Casa de Leis, os estudantes eleitos participam de oficinas ministradas pela Escola do Legislativo na sede da Câmara Municipal.


[Esq. à dir.] 2ª Secretário, Luís Caetano Izildo, do Colégio Técnico Agrícola; 1ª Secretária, Isabele Eustaquio, do Centro Educacional SESI; Presidente, Daniel Guiné Pinto Ferreira, do Colégio Moura Lacerda; e Vice-Presidente, Abner Felipe, do Colégio Nossa Senhora do Carmo.

Composição da Mesa Diretora do Parlamento Jovem 2017:
Presidente – Daniel Guiné Pinto Ferreira – Colégio Moura Lacerda
Vice-Presidente – Abner Felipe – Colégio Nossa Senhora do Carmo
1ª Secretária – Isabele Eustaquio – Centro Educacional SESI
2ª Secretário – Luís Caetano Izildo – Colégio Técnico Agrícola

Parlamentares jovens que compõem a quinta edição do projeto:
Centro Educacional SESI – Isabele Eustáquio
Centro Educacional SESI – Tainá Afonso
Colégio Maria – Gabriel Fenerick
Colégio Maria – Melissa Marques
Colégio Moura Lacerda – Daniel Guiné Pinto Ferreira
Colégio Moura Lacerda – Nathaly Poltronieri Camilo
Colégio Nossa Senhora do Carmo – Abner Felipe
Colégio Nossa Senhora do Carmo – Pedro Otavio Setulim Silva
Colégio Novo Anglo – Giulia Rossi
Colégio Novo Anglo – Nicholas Uehara
Colégio Poligenes – Allana Krissie
Colégio Poligenes – Gabriel Aguiar
Colégio Santo André – Marília Rodrigues de Sá
Colégio Santo André – Victor Hugo Pereira Mariano
Colégio Técnico Agrícola – Isabella Stevanatto
Colégio Técnico Agrícola – Luís Caetano Izildo
Escola Estadual Professor Antônio José Pedroso – Beatriz Alves da Costa
Escola Estadual Professor Antônio José Pedroso – Breno dos Santos Lima
Escola Estadual Professora Dona Aurora Ferraz Vianna dos Santos – Maycon Macedo da Silva
Escola Estadual Professora Dona Aurora Ferraz Vianna dos Santos – Sabrina de Souza Avelar

Enviaram projeto, mas não prosseguiram no PJ:
Escola Estadual Aurélio Arrobas Martins
Escola Estadual Dr. Joaquim Batista


Ana Paula Junqueira
Assessoria de Comunicação
(16) 3209-9478