#DATRIBUNA – Confira os pronunciamentos dos vereadores na sessão de segunda-feira (15/05)

Leia o resumo e ouça a íntegra dos pronunciamentos dos vereadores da Câmara Municipal de Jaboticabal que ocuparam a Tribuna na sessão ordinária de segunda-feira (15/05).


Vereador Beto Ariki (PSL), ao utilizar a Tribuna.

EDUCADORAS INFANTIS – O vereador Beto Ariki (PSL), ao utilizar a Tribuna, destacou a importância das educadoras infantis e a mudança de nomenclatura em processo de revisão na Prefeitura de Jaboticabal, uma vez que, segundo o parlamentar, o estatuto do magistério do Município prevê que as educadoras são consideradas docentes, professoras. Consequentemente o piso salarial deve se igualar ao dos professores. É necessário que “... o piso salarial delas [educadoras infantis] também se iguale ao dos professores... É uma vitória muito grande”, disse Ariki. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Vereador Samuel Cunha (PSDB).

TIRO DE GUERRA – O vereador Samuel Cunha (PSDB) alertou sobre a precariedade que se encontram as estruturas da atual instalação do Tiro de Guerra. De acordo com Cunha, o prédio, que é muito antigo, não teve as devidas reformas necessárias, seja por inviabilidade ou falta de recursos. Paredes rachadas, alicerce e telhado comprometidos foram alguns dos apontamentos.  O vereador fez uma indicação ao Prefeito Municipal para a formação de uma comissão de estudos para verificar a possibilidade de instalação do Tiro de Guerra no Centro Esportivo Antônio de Mônaco. “Ainda brinquei com o Sargento Nalon: é questão de tempo pra isso aqui cair na cabeça de vocês...”, comentou Cunha. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Vereador Pretto Cabeleireiro (PPS).

RODÍZIO DE VEÍCULOS – O vereador Pretto Cabeleireiro (PPS) chamou a atenção para o problema do trânsito em Jaboticabal, com destaque para a área central da cidade. Segundo Pretto, no ano passado, o município já contava com 28.607 automóveis e 10.539 motos, e que os números tendem a subir. Dados levantados pelo vereador apontam o registro de 250 acidentes só no centro da cidade. Com isso, o vereador indicou ao prefeito um projeto chamado “Cinturão Vermelho”, que visa desobstruir as principais vias públicas no centro da cidade. A proposta prevê mudança do estacionamento como mão única ou transversal, e a instituição de um sistema de rodízio de placas (pares e ímpares) para a circulação de veículos em quatro ruas do centro. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Vereador Wilsinho Locutor (PSB).

DE OLHO NO IML – O vereador Wilsinho Locutor (PSB) alertou sobre a falta de funcionários no Instituto Médico Legal (IML) de Jaboticabal, que atende 12 cidades da região. Segundo o parlamentar, o órgão está ficado sem funcionários, que estão se aposentando sem a devida reposição. Wilsinho acredita que, se o IML for deslocado para outra cidade, “a família que perder um ente querido sofrerá muito na demora pela necropsia do mesmo”. O parlamentar afirmou que fará um pedido à Secretaria de Segurança Pública para que enviem funcionários tanto para o IML quanto para a Polícia Civil da cidade. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Vereador Pepa Servidone (PPS).

IMPASSES
– O vereador Pepa Servidone utilizou o espaço na Tribuna para falar sobre assuntos relacionados à saúde. Um deles foi sobre um impasse de atendimento a gestantes no CIAF1. Segundo o parlamentar, mulheres em fase final de gestação estariam sendo tratadas com falta de respeito por funcionários e que uma consulta havia sido protelada sem explicação. “Da mesma forma que ela [funcionária] atacou todo mundo, é o meu jeito, ao contrário, liguei para a Secretaria de Saúde, falei o que tinha de falar na frente de todo mundo e ela teve que pedir desculpas para todas aquelas gestantes que estavam lá.” Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Vereadora Dona Cidinha (PRB).

RODOVIÁRIA E CONSELHO TUTELAR – A vereadora Dona Cidinha (PRB) destacou a falta de iluminação ao redor da rodoviária e o número elevado de vândalos por lá, fatos que têm preocupado funcionários da rodoviária. A parlamentar também falou da falta de segurança no Conselho Tutelar e sobre a solicitação de recursos a deputados de seu partido (PRB) destinados ao Conselho. “...Protocolei um pedido de R$ 100 mil para o kit do Conselho Tutelar, incluindo nesse kit: um veículo, cinco computadores, uma impressora, bebedouro de água, geladeira e pedi para que também colocasse lá um interfone”. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento da vereadora sobre este e outros assuntos.


Vereador Ednei Valêncio (PR).

HOSPITAL E FACULDADE VETERINÁRIA – O vereador Ednei Valêncio (PR) utilizou a Tribuna para falar sobre sua visita ao Governador Geraldo Alckmin, conjuntamente com o secretário da Casa Civil, Samuel Moreira, quando pediu ajuda para um convênio com a UNESP para atendimento de animais, e falou sobre sua visita a um dos maiores hospitais veterinários da América Latina, que fica em São Paulo. Valêncio falou da sua solicitação ao deputado Ricardo Madalena de vacinas V10 para a vacinação em massa dos animais da cidade. “Já foram entregue duzentas doses”, disse o vereador, que falou ainda sobre um projeto para implantação de uma faculdade de medicina veterinária, com capacidade de cem alunos, com mensalidades mais acessíveis à população. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Vereador João Bassi (PEN).

ALERTA (TIRO DE GUERRA PARTE 2) – O vereador João Bassi também alertou, em seu discurso, sobre os perigos estruturais da sede Tiro de Guerra em Jaboticabal. Segundo o parlamentar, ele já teria feito um ofício ao Prefeito, em fevereiro, alertando sobre as possiblidade de problemas, e que o engenheiro da Prefeitura, Paulo Zuco, tinha encaminhado um parecer para que as atividades do Tiro fossem suspensas naquele local. “Particularmente, eu acho uma ameaça muito grande. Aquelas rachaduras, eu tenho um pouco de experiência nesses meus quarenta anos de construção... alertei todos os perigos que eu conheço”, disse Bassi. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.

 
Vereador Luís Carlos Fernandes (PSC).

APELO – O vereador Luís Carlos Fernandes falou sobre a contratação de mais profissionais para o CAPS, realizada pela Prefeitura, e destacou a importância do CAPS na área da saúde mental. Fernandes também deixou um apelo em prol dos dependentes químicos e discorreu sobre a falta de políticas públicas e ações voltadas à prevenção e ao tratamento de dependentes químicos na cidade. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Presidente da Câmara, vereador Dr. Edu Fenerich (PPS).

PANORAMA – O presidente da Câmara, vereador Dr. Edu Fenerich, abriu seu pronunciamento falando do privilégio de ter entregado honraria, ainda em vida, ao Senhor Claudio Del Vecchio, falecido no dia 9 de maio. Fenerich também comentou sobre uma possível transferência do Tiro de Guerra para o Mônaco e destacou que, todos os assuntos pronunciados pelos vereadores em seus discursos, resumem-se a orçamento. Para Fenerich, o mais importante no momento é que o município resolva os seus próprios problemas. “Primeiro o município tem que tratar das suas necessidades, funcionar a sua máquina administrativa, para depois em ‘sobrando’, em ‘podendo’, completar as outras atividades dos outros entes federados”. Clique aqui e confira a íntegra do pronunciamento do vereador sobre este e outros assuntos.


Assessoria de Imprensa
(16) 3209-9478